Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

sábado, 21 de janeiro de 2017

Macarrão Queimado - Tudo Depende de Como Você Encara Tudo!




"- Eu sempre estou andando em círculos... Tudo é sempre igual...
Não acontece nada diferente... Tudo sempre dá na mesma...
Tudo dá sempre errado..." Ops, para por ai!
Vou contar um conto que li há muuuuitos anos atrás na minha adolescência... Naquela época não havia internet então, haviam pessoas que xerocavam mensagens - quase iguais as que vemos na rede - e deixavam nos portões e nas caixas de correio. Foi em uma dessas mensagens que li este conto e adaptei...
Imagem do site Oba Gastronomia

"MACARRÃO QUEIMADO
Havia um casal comum, como qualquer outro. O marido trabalhava muito e a mulher, trabalhava muito também mas, cuidado da casa, das coisas do marido e dos filhos. Embora fosse uma boa esposa, ela não sabia cozinhar... A única coisa que sabia preparar era macarrão. Macarrão cozido fora do ponto, mau temperado, insosso e queimado! Sempre na finalização da massa com o molho ela acabava deixando 'passar do ponto'...
O marido chegava toda noite, cansado, abatido, resmungando, de cara feia, reclamando sempre do trabalho. A esposa não compreendia o porque daquele mal humor todo mas, relevava. Então, o marido alargava a gravata em um puxão, jogava a maleta e o paletó na cabeceira da cadeia e se sentava na mesa. A esposa acomodava os filhos ao redor da mesa, e servia o costumeiro macarrão queimado!
Ele olhava, ele reclamava, ele jogava no prato, e resmungava: "- Quando você vai aprender a fazer um simples macarrão? Eu trabalho o dia inteiro, chego cansado e tudo o que você tem a me oferecer é esse macarrão queimado?"
A esposa simplesmente abaixava a cabeça, concordando com o marido...
Os dias passaram-se da mesma forma, com a mesma cara feia, com as mesmas reclamações até que um dia, o marido chega com um ramalhete de flores mistas para a esposa. Deu-lhe um beijo na testa, acomodou a maleta sobre o balcão, pendurou o paletó e tirou delicadamente a gravata. Foi tomar banho e banhou-se cantando alegre. Sentou-se em sua poltrona preferida e pediu educadamente se a esposa poderia servi-lhe um aperitivo antes do jantar, o que ela atendeu imediatamente, estranhando o comportamento do marido.
Depois de sorver prazerosamente o aperitivo, reuni-se com a família que o
esperava na mesa. E como sempre, vem a esposa servindo o mesmo macarrão queimado de sempre.
O marido elogiou: - Hummm, parece estar muito bom! - as crianças olharam para mãe surpresos.
Ele se serviu generosamente, como que serve um prato gourmet... Colocou delicadamente no prato, pegou o garfo e deu a primeira garfada. Fechou os olhos
e suspirou: - Hummm, está muito bom! É o melhor macarrão que já comi na vida!
A esposa sem entender mais nada, indagou: - Você toda noite reclama do mesmo macarrão! É o mesmo macarrão que sempre faço!
O marido responde: - Perdoe-me querida se tenho sido rude com você. Sei o quanto é sobrecarregada com a casa e nossos filhos para ainda ter que aguentar meu mal humor! Mas, sei também que escolhi a melhor mulher do mundo e que você me compreenderia!
Tenho passado muito estresse no trabalho pois, tenho me dedicado além de
minhas forças para conseguir a vaga aberta para uma promoção. Sua paciência,
sua dedicação e sua compreensão foram essenciais para que eu conseguisse!
Fui promovido meu amor!
As crianças comemoraram, o marido levantou-se, deu um abraço apertado na
esposa, daqueles de suspender o corpo do chão e ele prometeu que dali por
diante, ela não precisava mais se preocupar, porque agora poderia contratar
alguém para cozinhar e ajudar na casa.
A moral da história: tudo depende de como você enxerga o macarrão queimado!
Mude do lugar de onde você enxerga tudo. Saia de onde está e veja tudo sobre
outro ângulo. Veja as coisas de modo diferente porque uma única coisa possuí diversas interpretações!


Licença Creative Commons
Macarrão Queimado - Tudo Depende de Como Você Encara Tudo! de Shimada Coelho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!